Objetivo


domingo, 6 de agosto de 2017

OS VERDADEIROS INIMIGOS DA DEMOCRACIA

No dia 27 de maio de 2017 vários ministérios foram
depredados e incendiados pelos esquerdistas radicais.
Estamos vivendo no Brasil um momento histórico de mudanças e de crises criadas pelos verdadeiros inimigos da democracia. Os esquerdistas radicais encastelados no PT, PC do B, PSOL , PSD e nos tais movimentos sociais, que nada mais são do que milícias disfarçadas, entre eles o Movimento dos Trabalhadores sem Terra - MST, Movimento dos Trabalhadores Sem Teto - MTST, Via Campesina, Brasil Popular todos apoiados pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil - CNBB.
Tem ainda  os movimentos de direita que também não acreditam que a democracia consiga extirpar esta crise e a corrupção, e assim pregam a intervenção militar e outras formas traumáticas de colocar o país nos eixos. Por mais que a gente fique indignado com a desfaçatez dos políticos corruptos e de uma |Justiça capenga, principalmente nos tribunais superiores, nós democratas não podemos apoiar estes partidos de esquerda ou direita radicais ,milícias e nem tampouco àqueles que pregam uma intervenção militar.
Para ilustrar este comentário veja aqui uma declaração do Frei Beto,  um ex-seminarista que num de seus textos sobre a esquerda no Brasil escreveu: "Quem é de esquerda não vende a alma ao mercado."  
Esta afirmação não é verdadeira. Muitos que se dizem esquerdistas  no Brasil, inclusive líderes desses partidos,  durante 14 anos não só venderam as  suas almas ao mercado como também lideraram e participaram do maior esquema de corrupção do Planeta. Pregavam o combate a corrupção  e  terminaram liderando este esquema que levou o país a maior crise de sua História.



APOIAM MADURO



Atualmente o mais sanguinário ditador da América Latina é o Maduro, da Venezuela ,substituto de Chavez, que já matou quase duzentos jovens opositores, destituiu o Parlamento e inventou uma Constituinte eleita por uma pequena parcela da população. Seus seguidores estão matando friamente nas ruas das cidades venezuelanas todos aqueles que se opõem ao ditador.
Estudante Bassil Da Costa   levou um tiro na cabeça
disparado pelos seguidores de Maduro.
Ele é o sucessor de Chavez ,que tinha como meta implantar um regime comunista em toda a região, inclusive aqui no Brasil. Para isto eles criaram o Foro São Paulo, com a participação de Lula e Dilma e seus seguidores, que hoje funcionam como verdadeiras carpideiras portando suas bandeiras vermelhas interditando estradas, avenidas e praças com suas já conhecidas práticas de incendiar pneus e todos tipos de materiais, vandalizam vitrines de bancos, lojas e invadem terrenos, prédios públicos e privados.Também procuram demonizar a polícia e criar um ambiente de caos no país.
Não perdem a ocasião pra confundir os menos instruídos  afirmando  que são democratas, quando na realidade lutaram aqui nos governos de Lula e da Dilma para implantar a censura à imprensa, aparelharam os órgãos públicos, dilapidaram a Petrobras, quase levando à falência. Muitos estão presos ou processados por terem roubado os cofres públicos e recebido propinas de empresários corruptores.

Postar um comentário