Objetivo


domingo, 21 de maio de 2017

A BENEVOLÊNCIA DE JANOT E FACHIN COM OS AÇOUGUEIROS

Esta foto mostra o casal Joesley e Ticiana saindo de
um sex shop. Esta  foto teria sido tirada em 2015.
Agora eles estão novamente curtindo as delícias
 de Nova Iorque.
Esta delação dos açougueiros da JBS ( Friboi) tem algo de estranho, porque deixar os caras com passaportes e autorizar a viagem deles para Nova Iorque é muita bondade. Além disto, a multa foi estipulada em R$ 11 bilhões, e eles simplesmente, só concordam em pagar R$ 1 bilhão, e mesmo assim estão fazendo turismo numa das cidades mais atraentes do mundo.Já fotografaram o Joesley com a mulher olhando a vitrine de um sex shop. Enquanto isto, veio uma carga forte em cima do Temer, que bem ou mal está ai levando o país pra estabilidade e tentando fazer as reformas que há décadas o Brasil exige.
Portanto, esta benevolência da Procuradoria Geral da República, com a anuência do ministro Edson Fachin,do STF, nomeado por Dilma, relator da Lava-Jato , nos leva a fazer alguns questionamentos.
 Vejam que aquela gravação da Dilma mandando o Lula assinar a papeleta para se livrar da Polícia Federal foi considerada pelo STF ilegal e descartada. No entanto, a gravação feita clandestinamente dentro do Palácio Jaburu pelo Joesley foi considerada legal pelo Fachin, que rapidamente a liberou para a imprensa. Incontinente os vermelhos já estavam nas ruas pedindo eleições diretas e gritando o surrado slogan de Fora Temer. Tudo parece que estava orquestrado, organizado, porque as manifestações não foram espontâneas, e, sim, planejadas, tinha carros de sons e panfletagem, muitas bandeiras, e também as milícias para vandalizar.
A sociedade brasileira não pode assistir e aceitar pacificamente este tipo de atitude, porque fere qualquer princípio de igualdade. Além de ilesos os açougueiros da Friboi teriam lucrado milhões de dólares com a delação. Já foram abertos inquéritos para apurar no Conselho de Valores Mobiliários Também , é preciso saber e apurar quem foi o procurador que teria armado tudo. Falam que este procurador, sediado em Brasília, pediu demissão ( vejam pediu demissão de um dos cargos no funcionalismo público mais desejados ) e teria ido trabalhar num escritório de advocacia que defende os açougueiros. Confirmadas estas informações a estranheza aumenta.
Estranhamos ainda a pressa em aceitar abrir um processo contra o Presidente Temer ao arrepio do tempo, e assim colocar o país numa crise que a gente ainda não sabe onde vai parar. Fizeram despencar a Bolsa de Valores, o dólar disparou e os mercados entraram em polvorosa, justamente no momento em que o país festejava algumas notícias da sua lenta recuperação da UTI, a que a roubalheira praticada por integrantes do PT, PMDB, PSDB,PC do B e outros partidos nanicos seus apoiadores .
Entregaram a um colunista de O Globo a missão de divulgar em primeira mão a noticia, e as fitas só vieram a publico 24 horas depois. Agora, surgem suspeitas que as mesmas teriam sido editadas. Uns técnicos concordam que foram adulteradas e outros não. Vamos aguardar que todas estas úvidas sejam esclarecidas. Se está ruim com o Temer, pior seria sem ele , e se por acaso os vermelhos voltassem eles retomariam seu projeto de  transformar nosso pais numa grande Venezuela.

quinta-feira, 18 de maio de 2017

TEMER , AÉCIO NEVES E A PROPINA DA FRIBOI

Temer e Aécio estão em situação delicada diante das gravações
feitas pelo homem da Friboi  
(Fotos Google)
Um político que se preze tem que escolher com cuidado as pessoas com quem vai se relacionar, mesmo se elas são empresários, jornalistas, membros do Judiciário ou seus colegas de profissão. O Presidente Temer não tinha nada que receber no Palácio Jaburu o sr. Joesley Batista, que já era investigado, e sua empresa foi flagrada alterando laudos juntamente com funcionários corruptos do Ministério da Agricultura, colocando em perigo a saúde dos consumidores.
Por ele ter sido o maior financiador de campanhas eleitorais no último pleito não significa que um presidente da República deva recebe-lo , ainda mais para tratar de propina a ser destinada a um preso  para  que ele não colabore com a Justiça.
Esta notícia caiu como uma bomba na noite de ontem, e os arautos do caos imediatamente se mobilizaram e festejaram mais esta crise, que só vem prejudicar o Brasil e os brasileiros.
Temer um político experiente, acostumado a dialogar exaustivamente sobre assuntos políticos deu uma de amador ao se deixar gravar por um empresário cujas atividades empresariais está sob investigação do Ministério Público Federal e da Polícia Federal.
Este é  Joesley Batista que gravou  conversa que teve
com o presidente Temer e o senador Aécio Neves.
O que ele disse é muito grave. Ao ser informado de que dava uma mesada ao Eduardo Cunha o  Temer teria dito "Não pare com isto, Viu?" Aconteceu em março deste ano, portanto, quando todos os fatos relacionados à Friboi já estavam postos na mesa, e são de conhecimento da sociedade brasileira. A intermediação do senador Aécio Neves pedindo  propina de R$ 2 milhões para calar o Eduardo Cunha torna-se mais grave ainda e complica a vida do político mineiro, o qual já responde outros processos. Sepulta de vez seu pleito de ser candidato à Presidência da República.
 O dinheiro foi liberado pelos homens da Friboi e  rastreado pela Polícia Federal. Todos os lances  estão ai, e hoje, devem ser mais ainda detalhados. Agora, resta saber a dimensão desta grave crise. Pela Constituição o substituto imediato é o Presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia, seguido de Eunício Oliveira, Presidente do Senado , em o terceiro lugar  na sucessão é a Presidente do STF, Carmem Lúcia. 
Os arautos do caos  querem eleições diretas, sob o arrepio da Constituição, mirando uma improvável candidatura do Lula, réu em 5 processos, e outros estão ainda em tramitação.
Vamos acompanhar com atenção os desdobramentos. Hoje, será um dia especial, já que desde cedo a Polícia Federal está fazendo buscas e apreensões nos apartamentos de Aécio Neves, de sua irmã e do transportador do dinheiro.

quinta-feira, 11 de maio de 2017

O JUIZ E A INTIMIDAÇÃO

Lula prestando depoimento ao juiz Sérgio Moro que
pacientemente ouviu o réu no processo do triplex.
Claramente os militantes vermelhos foram à Curitiba liderados por senadores e deputados  do PT e do PC do B com o intuito de intimidar a Justiça Federal e o Ministério Público Federal, que estão com a missão de ofício de investigar e julgar todos aqueles que são suspeitos de cometerem ilícitos em nosso país, e neste caso, os envolvidos na Operação Lava-Jato. 
Ninguém está acima da lei, nem mesmo aqueles que ocuparam ou ocupam altos cargos na República. Se for realmente comprovado que o senhor Luis Inácio Lula da Silva cometeu ilícito ele tem que ser julgado, ter todo o direito a ampla defesa, e se condenado, tem que pagar pelo que fez,
Transformaram um simples depoimento num dos processos em que ele é réu num ato político. Isto é uma demonstração de desespero, porque quem não deve não teme. Qualquer cidadão que não está envolvido em ilícito objeto da Operação Lava-Jato fica tranquilo, porque sabe que não será transformado em réu. Quando alguém é transformado em réu é porque existem fortes indícios de que cometeu algum ilícito.                                               Foto Google
Policiais revistando os ônibus . Encontraram foices,
facões e outras ferramentas e armas brancas.
No depoimento que exaustivamente a televisão está mostrando o Lula aparece com arrogância e sempre coloca a culpa nos outros. O triplex era de  d. Marisa que adquiriu para investir e que não tinha nada com isto. As pessoas que colocou na Petrobras e que terminaram roubando ele disse que não sabia de nada e não tem qualquer responsabilidade pelo que ocorreu. Criticou " a vida de nababo dos delatores e que delatar virou um alvará de soltura". 
O juiz simplesmente mostrava serenidade e em algum momento o advogado de um dos acusados tomou a palavra e reprimiu fortemente o advogado do Lula que intervia a toda hora e mostrava disposição de enfrentamento com o juiz Moro. Simplesmente o advogado impertinente calou.
Nas alegações finais o Lula disse que está sendo cassado pela mídia , e o juiz cortou a fala dizendo que ali não era local de falar de política, e indagou se ele achava que existia uma conspiração contra ele.O Lula negou que existisse conspiração.
Vamos agora aguardar a defesa dos advogados, e finalmente, o juiz Sérgio Moro vai dar a sua sentença.Os procuradores do Ministério Público Federal decidiram ouvir mais três testemunhas .