Objetivo


quinta-feira, 27 de abril de 2017

OS GREVISTAS DO ATRASO

O absurdo é que um punhado de grevistas interdita
avenidas e rodovias prejudicando milhares de
pessoas, e a PM nada faz porque o  governo é petista.
Estamos às vésperas de enfrentar mais uma greve política decretada pelas corporações que tantos prejuízos já causaram ao Brasil e aos brasileiros. Eles são contra todas as reformas, e se consideram vítimas por perdas de de direitos. São os arautos do atraso, que vivem olhando pelo retrovisor da História. Vamos trabalhar e mostrar que o país funciona mesmo sem eles. Isto foi demonstrado na longa greve bancária, quando o país funcionou e mostrou que os bancos não precisam de tanta gente em suas agências.
Os grevistas são os mesmos de sempre professores da rede pública, rodoviários, bancários e outras categorias menos numerosas. Estas corporações são dirigidas pela CUT que é um braço vermelho do petismo.
Estas corporações contam com muito dinheiro originário do Imposto Sindical Compulsório que gastam como entendem e não prestam contas as ninguém. Se alguma oposição surge dentro de um desses sindicatos eles são até capazes de aniquilar a pessoa como fizeram com Paulo Colombiano e sua esposa, que eram ligados ao Sindicato dos Rodoviários da Bahia. Lembram deste assassinato? Até hoje ninguém foi condenado.
Nestes últimos anos houve um crescimento vertiginoso de sindicatos, e hoje, já existem mais de 17 mil sindicatos no país, todos sustentados pela excrescência do Imposto Sindical Compulsório, ferramenta herdada do tempo da ditadura de Getúlio Vargas. É este imposto sindical, resultado de um dia de trabalho de cada trabalhador brasileiro,  que proporciona a esbórnia com sindicalistas exibindo reluzentes relógios caríssimos da marca Rolex, camisas Polo e Lacoste , carros importados,etc.
Durante o governo Lula foi promulgada uma lei onde os sindicatos não tem que prestar contas a nenhum órgão , mesmo recebendo subsídios do governo. Em 01 de abril de 2008 o então presidente Lula vetou a prestação de contas da contribuição sindical do projeto de lei que exigia a prestação de contas ao Tribunal de Contas da União.
.O total de repasse para as centrais sindicais ultrapassa R$ 2 bilhões de reais, e abrir um sindicato tornou-se um negócio lucrativo .
Você tem duas opções fáceis de ganhar dinheiro rápido no Brasil. Abrir um sindicato ou criar um partido político O lucro é certo. Portanto, algo tem que ser feito, e feito com urgência, para mudar este quadro escandaloso que estamos assistindo. 
Postar um comentário