Objetivo


quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

É HORA DE COMEMORAR 2016 !

FOTOS GOOGLE                                                                                                        
Soberano é o povo que tem a força do voto e de
reagir contra a roubalheira

Este foi o ano em que nós brasileiros acordamos da leniência que vivíamos enquanto uma quadrilha solapava o Estado brasileiro. Era um projeto de poder criminoso, onde a maior empresa da América Latina - a Petrobras - estava sendo pilhada por ladrões de alta periculosidade. Roubaram tanto que a empresa quase foi à falência. Além da Petrobras roubaram a Eletrobras, Casa da Moeda,fundos de pensão e muitas outras estatais, além de destruírem as finanças do país enviando nosso dinheiro para ditaduras da América Latina, Caribe e África através o BNDES.
Felizmente, alguns acordaram mais cedo, e chamaram a atenção do que estava ocorrendo. Foi ai que saímos às ruas, por três vezes seguidas, em todas as capitais e nas principais cidade brasileiras exigindo o impeachment da presidente incompetente e leniente. Depois de destronar a rainha da incompetência fomos em frente. Conseguimos que a Polícia Federal prendesse  o maior corruptor que dirigia a principal empreiteira do país e uma das maiores do mundo. Foram presos também ministros,governadores,senadores, deputados, prefeitos,vereadores, diretores de empreiteiras e de estatais, doleiros e outros ligados a esta quadrilha.
Deputados comemoram o impeachment 
A cada dia uma notícia bombástica era substituída por outra, e assim caminhamos 2016 tentando passar a limpo este país grandioso que merece respeito. Muita coisa ainda terá que ser feita em 2017 , inclusive colocando na cadeia outros personagens desta quadrilha que continuam ai esbravejando como se não fossem os responsáveis pela roubalheira. Mas, a hora deles está chegando. O principal deles já é réu em alguns processos e outros estão a caminho.
Terroristas agindo em Brasília
Assistimos o desespero e a incapacidade de terroristas vermelhos  viverem numa democracia .Esses grupelhos radicais apoiadores da quadrilha  incendiaram carros, vandalizaram escolas e atacaram a sede da Fiesp como se os empresários, que lhes dão emprego, fossem responsáveis por sua incompetência de gerir e de viver num Estado democrático.
Graças a um grupo de jovens juízes,procuradores,delegados e investigadores estes criminosos estão na cadeia ou em suas casas portando tornozeleiras eletrônicas ,onde são  vigiados dia e noite pela polícia. Enquanto muitos ainda estão sendo investigados e processados.Se o STF trabalhasse como deveria muitos deles já estariam presos.
O Congresso Nacional  mostrou seu distanciamento da população. A grande maioria de deputados e senadores está mais preocupada com seus interesses pessoais, e principalmente, em tentar se livrar das denúncias de envolvimento com a quadrilha. Vários ministros já foram defenestrados de seus cargos e outros serão agora em 2017. Nas madrugadas eles  tramaram contra a sociedade brasileira e diante das reações e denúncias recuaram .Certamente na primeira oportunidade voltarão a  acionar seus planos diabólicos e corruptos. Mas, estaremos mais atentos ainda em 2017.
Portanto, vamos festejar 2016  que foi muito importante para o Brasil. É verdade que estamos pagando caro por esta reação, mas é bom lembrar que estamos saindo de uma enfermidade, e que os remédios sempre têm seus efeitos colaterais, e uma doença quando se estabelece demora até ser debelada. O importante é que vamos vencer. 

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

NÃO SOMOS OMISSOS POR POSTAR MENSAGENS NAS REDES SOCIAIS

"Em resumo: a circulação de mensagens indignadas, quando feitas por quem não age contra a corrupção,serve apenas para manter essas pessoas na omissão.É uma opção que deve ser respeitada , mas é preciso saber que isso faz a alegria dos corruptos". O autor deste fragmento de texto é  Waldir Santos, advogado da União,presidente do Tribunal de Ética da OAB,voluntário do Conselho de Cidadãos ( www.conselhodecidadaos.com.br) .


Em primeiro lugar, discordo desta afirmativa acima, porque acredito que hoje as redes sociais têm uma presença importante na
política do país . Não é verdade que os políticos ficam alegres quando são alvo de posts  chamando-os de corruptos, e denunciando suas ações. Isto é uma forma de agir contra a corrupção. Não existe apenas uma plataforma ou uma só ferramenta para combater a corrupção. O que não podemos é ficar calados diante do que está ocorrendo em nosso país.Devemos combater também as pequenas ações onde as pessoas querem tirar vantagem de qualquer jeito. É a "cultura' do jeitinho. Lembram da tal "lei do Gerson" ?
Os que estão indignados nas redes sociais, senhor Waldir Silva , são os mesmos que saem às ruas sem causar tumulto, sem quebrar ônibus, incendiar carros, depredar o patrimônio público e privado. Estive e estarei em todas as manifestações contra os radicais   e a corrupção. Não me considero um homem de direita ou esquerda. Não pertenço a nenhum desses movimentos de rua organizados.Sou um cidadão que sofre na própria pele os efeitos desta crise terrível que o país está passando. Também, estou sensibilizado com os milhões de brasileiros desempregados e desamparados de todas as matizes vítimas desta roubalheira sistematizada no mensalão, petrolão, zelotes, dentre outras formas que instalaram para roubar a Petrobras, Eletrobras, Fundos de pensão, e que destruíram as finanças do país.
Vi na sua qualificação que pertence a OAB, entidade que teve um papel fundamental na redemocratização de nosso país, e que  durante 13 últimos anos esteve alinhada  apoiando os governos que dilapidaram o nosso país. Nos últimos dias da Dilma no poder a OAB nacional estava ao lado dela. Não sabemos qual secção da OAB você pertence.Sabemos que hoje esta entidade e suas secções  andam incomodadas com o sucesso da Lava-Jato porque suas ações e julgamentos foram confirmados nos tribunais superiores em mais de 98 % dos casos. Com isto, os grandes escritórios de advogados, que lucram milhões e milhões defendendo corruptos, e que são altamente corporativos, estão apavorados e fazendo de tudo para enfraquecer a Lava-Jato.
Gostaríamos de ver a OAB retomando as pautas em defesa do Brasil, e alinhada a este esforço que milhões de  cidadãos anônimos estão fazendo para que tenhamos um país mais justo .



quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

DOIS VELHINHOS NO MEU CAMINHO

A mendicância é a última alternativa para os que não
tiveram condições de se preparar para a velhice.
Enquanto Renan Calheiros se escondia para não receber do oficial de justiça a ordem judicial de que deveria se afastar das funções de presidente do Senado Federal, em obediência a uma liminar concedida pelo ministro Marco Aurélio, do STF, e a mulher de Sérgio Cabral, Adriana Ancelmo desmaiava ao ser  abordada pelos policiais com uma ordem de prisão, o Brasil real continuava sua caminhada de incertezas.
Presenciei nesta tarde e em pouco tempo  duas cenas  que me deixaram pensativo. Ao transitar de carro pela rua Afonso Celso, no bairro da Barra, em Salvador, deparei com uma cena que de imediato me entristeceu. Um velhinho trôpego caminhava numa calçada estreita puxando uma maleta , dessas de rodinhas, e trazia na outra mão uma sacola. O olhar era bem triste e os passos lentos. Parei o carro e fiquei ali acompanhando o seu destino. Pelo seu trajeto vi que não tinha destino. Talvez, tivesse fugindo de casa ou mesmo fosse expulso por algum parente estúpido. Tentei abordá-lo , mas não consegui resposta.Segui meu caminho.
Ao chegar ao bairro do Rio Vermelho, encontro próximo a uma sinaleira uma guarnição da Polícia Militar, abordando um velhinho perdido na rua. Ele exibia a sua carteira de identidade  para provar que era um cidadão de bem. Mas, a preocupação dos policiais era de saber de onde viera para conduzi-lo até seu endereço. O sinal abriu e tive que seguir o meu destino, porque um apressado  começou a buzinar loucamente. Portanto, não sei o desfecho dos dois casos.
Manifestação no município de Barra do Choça,
na Bahia
Estas cenas servem para refletir.É uma demonstração clara de que o envelhecimento da população brasileira está acontecendo a passos largos, e não vejo muita preocupação com os idosos.
Sabemos que nós ocidentais  não temos paciência de conviver com os mais velhos, que na maioria das vezes são desprezados pelos filhos nos asilos ou nas mãos de uma cuidadora despreparada,cujo  interesse é receber  a grana.
Já nas sociedades orientais os mais velhos são exemplos de sabedoria , e até mesmo nas tribos indígenas . Os idosos são muito respeitados e prestigiados. Porém, estamos no Brasil, e o nosso país está permeado de carências de todos os tipos, com 12 milhões de desempregados, inflação alta e a intolerância aumentando a cada dia .Não temos tempo para os velhos.
 Não sei onde vamos parar. Será que estamos caminhando para o precipício?

ESTRANHO JULGAMENTO DO STF SALVA RENAN

Supremo decide manter Renan Calheiros na Presidência do Senado
Foi uma crise de republiqueta.O ministro Marco Aurélio, da Alta Corte monocraticamente concedeu estranha liminar a uma representação de autoria de um partido nanico de extrema-esquerda, a Rede,  para tirar o Presidente do Senado Federal.
 Sabendo da fragilidade desta liminar Renan Calheiros foi orientado por seus advogados a não receber a notificação, e entrou com recurso no STF para cassar a liminar. 
O plenário da Corte se reuniu às pressas,pautou a apreciação da liminar, e por 6 X 3 os ministros decidiram pela sua permanência no cargo . Só que não poderá substituir o Presidente da República, já que ele seria o segundo na linha sucessória.Uma decisão salomônica para evitar que a crise piore.
O Ministro Marco Aurélio tem dado votos estranhos

A crise política brasileira é tão grave quanto a econômica. Estamos diante de um país que foi saqueado por centenas de ladrões que ocupavam cargos públicos e nas estatais, mancomunados com políticos , empreiteiros  e outros operadores. É a maior roubalheira do Planeta. 
Centenas estão citados em colaborações na Justiça, alguns já condenados e presos , outros  são réus, investigados e acusados de corrupção  entre esses  ex-presidentes, ex-governadores,ex-senadores, deputados federais,diretores de estatais, presidentes de grandes empreiteiras, doleiros, assessores, ex-ministros, etc.. Enfim, uma fauna variada de autoridades que pilharam a Petrobras, Eletrobras, Fundos de pensão e as  finanças do país.
É verdade que ainda existem muitas coisas a serem devidamente apuradas, investigadas e julgadas. É um trabalho árduo que deve contar com o apoio irrestrito da sociedade brasileira.
Encontra -se preso Eduardo Cunha , ex-presidente da Câmara Federal , acusado de vários crimes, e o atual presidente do Senado, Renan Calheiros já é réu num processo acusado de peculato, e existem mais 10 outros processos em andamento contra ele. Hoje, ele saiu ileso numa decisão esdrúxula do Supremo,mas que talvez tenha evitado o pior. Só a História para julgar com isenção do tempo esta decisão.
Aliás, da mesma forma àquela decisão  que o mesmo Senado foi palco quando o então presidente do STF, Ricardo Lewandowski concordou em fatiar um artigo constitucional,protegendo a Dilma Rousseff, quando ele teria que proteger a Constituição por ser um dos guardiões da Carta Magna. São julgamentos e decisões esdrúxulas, como se estivéssemos vivendo num regime ditatorial ou mesmo de excepcionalidade.

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

BAIANOS SAÍRAM AS RUAS PROTESTANDO CONTRA RENAN CALHEIROS

Mais uma vez os baianos saíram às ruas para protestar. Desta vez contra a presença de Renan Calheiros no Senado Federal. Um parlamentar que já renunciou para não ser cassado na legislatura passada, e depois foi reeleito pelos alagoanos . É bom lembrar que ele renunciou diante das denúncias de que uma construtora estava pagando as despesas de sua amante.Mesmo assim, foi reconduzido à Presidência do Senado Federal, com o apoio da maioria dos atuais senadores, numa prova incontestável de desrespeito à Justiça e ao povo brasileiro. Aliás, o próprio Supremo Tribunal Federal levou nada menos que nove anos , repito nove anos , para transformar Renan Calheiros em réu.
Como uma corporação organizada para desrespeitar a vontade do povo e as leis do país o Congresso Nacional abriga centenas de parlamentares envolvidos em corrupção, investigados ou citados em várias colaborações à Justiça. São estes senhores que se perpetuam no poder que estão legislando ou seja fazendo as leis do país. São eles que nas madrugadas tramam contra a Lava-Jato, a Ética e a decência. Continuam gastando milhões e milhões de reais em viagens turísticas, planos de saúde e dentário sem qualquer limite, carros luxuosos e seguranças. Tem senadores que tem mais de uma centena de auxiliares. O mesmo acontece na Câmara Federal, enquanto o governo quer mais sacrifício do povo, especialmente da classe média, que está cada vez mais empobrecida. Soube que a alíquota do Imposto de Renda vai aumentar de 27,5 para 35 por cento.

Na manifestação de ontem no Farol da Barra, a Polícia Militar que é comandada por um governador petista, não permitiu que o carro de som se deslocasse do Farol da Barra até o Cristo, esvaziando o ânimo dos participantes. Mesmo assim, saímos andando e gritando contra a corrupção e os corruptos. Fico triste quando vejo a leniência de nós baianos. Esperava muito mais gente nesta manifestação porque não é hora de acomodação. Acorda gente antes que seja tarde demais.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

O MONSTRENGO DA AVENIDA PARALELA

A estação do Iguatemi é um trambolho
que substituiu as árvores e belo canteiro verde.
Observe que a estação tapa toda a paisagem como se fosse
 uma caixa de sapato.Como elemento urbano é muito feio.
Trabalhei durante anos na imprensa baiana, e nunca imaginei que fosse assistir a desfiguração de uma avenida charmosa e importante sem qualquer manifestação dos jornais, estações de televisão e rádio de  Salvador.Todos calados,coniventes,enquanto
a paisagem criada por Burle Marx se transformava em grandes feridas na terra vermelha. Os conjuntos de árvores devidamente escolhidas pelo grande arquiteto e paisagista foram destruídos por tratores sob olhos insensíveis de um governo que não respeita valores. Um governo que não tem a sensibilidade de enxergar a importância do verde para uma metrópole.
Em qualquer cidade, existe uma consciência da necessidade de se preservar até uma árvore , que está ali isolada, num canto qualquer de uma praça,  rua ou avenida. Aqui cortam centenas delas sem piedade, aterram lagoas e em seu lugar constroem monstrengos , que do ponto de vista arquitetônico são verdadeiras aberrações , pesadões e tapando a paisagem, numa total de falta de criatividade.
Assim, embalados por uma musiquinha chula da publicidade oficial, que beira a insensatez e ao deboche,  diz  " vovó vai comprar acarajé", os tratores vão avançando destruindo tudo. E, o silêncio continua de quem deveria fiscalizar e preservar o patrimônio de nossa Cidade .

MONSTRENGOS

Esta estação que fica nas proximidades do shopping Iguatemi, e a outra lá na Rodoviária envergonham qualquer arquiteto que se respeite. E, o que fizeram o Instituto dos Arquitetos, o Clube de Engenharia, os arquitetos de renome desta Cidade? O que fizeram os barulhentos defensores do meio ambiente? Nada. Calados. A ideologia permeia estas corporações ,e assim a Cidade vai se desfigurando, porque a companheirada está trazendo o metrô e está no poder.
Veja o caso do espigão da Ladeira da Barra. O arquiteto que o projetou certamente sabia que ali o limite era de 13 andares. O que ele fez? Projetou para atender seus clientes um espigão de 31 andares.  Trata-se do sr. Ivan Smarcevscki, um homem que pensei ter sensibilidade, por ser ligado ao mar. Outro engano.
 Quem deu autorização para a  construção do espigão foi um advogado. Vejam um advogado, que dirigia o Instituto do Patrimônio Artístico Nacional - IPHAN nomeado pelos "companheiros". Soube que após a sua demissão , já está devidamente empregado, servindo próximo ao atual governador. Esta é a triste realidade da nossa Bahia.

DOIS REGISTROS


Outra  monstrengo que instalaram na
Avenida Paralela. Falta de sensibilidade.
Fiquei algum tempo revoltado e pensando. Será que ninguém, nenhum órgão vai se pronunciar sobre este absurdo? Nada.
Até que o Antônio Risério, e agora o economista João Quadros, presidente do Instituto Miguel Calmon escreveram dois artigos contundentes denunciando este absurdo.
Risério com seu amor à Bahia, e a Salvador em particular escreveu: "Era uma avenida bonita. Quase 20 km de extensão, com um belo canteiro central, obra de Burle Marx. Lateralmente, havia lagoas e bosques. Mas o governo do Estado da Bahia está destruindo a avenida. Montando ali uma ferrovia murada ligando Salvador e Lauro de Freitas."
 O economista  João Quadros alerta "que existiam outras alternativas e que enquanto a grande maioria das redes metropolitanas funciona com tração elétrica e a energia é transmitida através de um  terceiro trilho, o projeto da Linha 2 optou por transmissão via catenária, aquelas mesmas que os nossos saudosos bondes coloniais usavam no século passado. Além de ser menos utilizada hoje no mundo todo, é a que impacta mais fortemente a paisagem urbana".
Lembrei do saudoso jornalista Jorge Calmon, com quem trabalhei durante mais de três décadas , e tenho certeza, que se ele estivesse vivo teria me chamado e recomendado que este absurdo precisava ser denunciado e abortado. Mas, hoje, são outros tempos,... Aliás, demos um marcha-ré em direção ao caos , e ao desrespeito a princípios e valores fundamentais em todos os níveis.
 Existem também dúvidas e controvérsias se a mobilidade urbana entre o Iguatemi-Aeroporto vai melhorar. Mesmo que melhore, o custo saiu demasiado caro para a Cidade que perdeu um espaço verde, dando lugar a um monstrengo de concepção grosseira.

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

DEPUTADOS DESFIGURAM PROJETO DAS MEDIDAS CONTRA A CORRUPÇÃO

Deputados federais varam a madrugada para legislar
contra o combate a corrupção no país.
 Sempre durante a madrugada os deputados e senadores que compõem o Congresso Nacional aproveitam para enfiar jabutis , que são emendas alheias ou prejudiciais a um projeto de lei - com vistas a lhes beneficiar de alguma forma.  Na madrugada de ontem não foi diferente, só que desta vez na Câmara Federal. Eles apresentaram emendas que desfiguram completamente o projeto original.Todas tinham sido rejeitadas pelo relator Onyx Lorenzoni, do DEM.
Diante desta desfiguração  os procuradores da Lava-Jato estão anunciando que renunciarão coletivamente , caso seja transformado em lei.
Todos sabem que vários parlamentares e políticos sem mandatos estão citados, investigados, e alguns já se transformaram em réus.Portanto, estão sem a excrescência do foro privilegiado, que lhes protegeriam, e assim, ficam sujeitos a investigações e possíveis condenações.
Logo,conclui-se que aprovar um projeto de lei de iniciativa popular, onde estavam alancadas inicialmente 10 medidas contra a corrupção, é pedir ou esperar demais deles. É o que vem acontecendo.
As  10 medidas se transformaram em 17, sendo que algumas que faziam parte do projeto de lei original 2 foram suprimidas, e muitas  incorporadas.
Tentaram de todas as formas através de uma emenda fantasma - olha ai outro jabuti - que ninguém assumiu a autoria , também, durante uma madrugada que anistiava o Caixa 2 e vários outros crimes como lavagem de dinheiro, corrupção ativa e passiva, etc. A população reagiu e o jabuti , foi recolhido estrategicamente .
Ontem, pela madrugada surgiram vários jabutis que desfiguraram completamente o projeto de lei que foi elaborado na Comissão Especial e relatado pelo deputado Onix Lorenzoni. Foi uma votação acachapante com    313 votos a favor, 132  contra, 5 abstenção e 1  contra as mudanças patrocinadas, principalmente, pelos partidos de apoio ao Presidente Michel Temer : PMDB , PSDB, PP, PSD , dentre outros votaram maciçamente . Foram seguidos pelo PT e PC do B, que são entre eles, talvez os mais interessados em intimidar o judiciário e os investigadores.
Traíram a sociedade brasileira e os cidadãos de bem. A exemplo do que aconteceu na Itália com a Operação Mãos Limpas, onde Sílvio Berlusconi  e seus seguidores através do Legislativo esvaziaram o combate a corrupção. O Brasil caminha a passos largos para repetir a dose, e instalar o Império da Corrupção.
Coube ao líder do PDT, deputado Werverton Rocha ,do Maranhão - foto ao lado  - incluir a emenda mais intimidatória que prevê a punição de juízes e membros do Ministério Público. É a tal conhecida como abuso de autoridade, hoje já previsto em lei e regulamentos, mas, que eles insistem em endurecer.Este deputado teve uma atuação destacada em defesa de Dilma Rousseff ,e sempre vem acompanhando as posições adotadas pelo PT.
Na realidade as mudanças visam um contra- ataque do Legislativo aos que estão  combatendo a corrupção , numa atitude meramente corporativa em detrimento da nação brasileira.
A frase dita por Romero Jucá , do PMDB,de Roraima, num áudio de que era necessário "estancar a sangria" está a caminho de se concretizar para tristeza dos que amam este país e não aguentam mais tanta corrupção e impunidade.



terça-feira, 29 de novembro de 2016

VÂNDALOS CAUSAM DESTRUIÇÃO EM BRASÍLIA

Um carro depredado e  vândalos fazendo barricadas
 Assistimos atônitos pela televisão atos de vândalos incompatíveis com o Estado democrático. Bandos de depredadores  se espalharam pela Esplanada dos Ministérios , em Brasília, e com clara intenção premeditada foram quebrando, queimando e pichando prédios, carros e equipamentos públicos.
Quando a polícia chegou foi recebida com xingamentos e pedradas, e alguns até mais afoitos partiam com pedaços de pau tentando agredir os policiais.Proporcionalmente, haviam poucos policiais em relação ao número de vândalos, que eram incentivados por locutores num carro de som, o qual terminou sendo tomado pelos policiais. 
Banheiros químicos foram incendiados na pista
Os vândalos queimaram dois automóveis, viraram outro, e picharam os prédios anexo à Catedral e o Museu de República , quebraram vidraças e móveis dos Ministérios do Esportes e  da Educação, causando pânico entre os funcionários que estavam trabalhando. Os prejuízos ainda não foram calculados.
Desde a tarde que circulavam informações que vários ônibus tinham chegado e  estavam parados próximos à Universidade de Brasília. Não se sabe até agora  se os vândalos vieram nesses ônibus, e  saíram de lá para praticarem estes atos condenáveis em todos os sentidos. O que sabemos é que até as   21 horas de hoje continuavam barbarizando nas ruas da Capital Federal. 
Carro incendiado no estacionamento da Catedral
Enquanto isto, deputados  de esquerda continuavam com suas posições incompreensíveis de apresentarem emendas e apartes no sentido de impedirem que fosse iniciada a votação das  medidas contra a corrupção. No Senado também, senadores de esquerda empregavam a mesma tática com discursos, apartes  tentando impedir a votação da PEC, que controla os gastos públicos.
Já o noticiário das televisões,jornais e rádios estava voltado para a tragédia que vitimou mais de 70 pessoas do time da Chapecoense, jornalistas, convidados e a tripulação da aeronave que caiu na Colômbia.Uma tragédia que abalou o país e teve repercussões em todo o mundo. 

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

VITÓRIA VENCE E ESTÁ QUASE GARANTIDO NA PRIMEIRA DIVISÃO

Marinho dribla  jogadores do Coritiba e até o Zé Love,e faz o gol
O Vitória está praticamente garantido na Primeira Divisão depois de vencer o Coritiba por  1 X 0  hoje,à noite, no Couto Pereira, na 37 ª rodada do Campeonato Brasileiro. Foi um jogo dramático onde Marinho, sempre o Marinho, aos 11 minutos do primeiro tempo driblou a defesa do Coxa, e fez um belo gol.Neste momento, o Coritiba veio para cima do Vitória adiantando sua marcação e tendo um domínio do jogo até o final do primeiro tempo.
Foi uma partida pegada com muitas faltas, especialmente em Marinho, e o juiz goiano Elmo Resende Cunha deixou o jogo correr. Quando ele percebeu que a violência estava demais passou a distribuir  cartões amarelos , inclusive deu um a Kieza, sem merecimento, porque ao pular na disputa de uma bola o cotovelo atingiu a cabeça do zagueiro do Coritiba e sangrou. Mas, foi uma jogada normal sem qualquer intenção de atingir o adversário.Foi o terceiro cartão amarelo e ele não joga contra o Palmeiras.
Depois o juiz passou a distribuir cartões amarelos para os jogadores do Vitória, e só no segundo tempo foi que deu dois ou três cartões  aos do Coritiba. O Marinho foi caçado em campo, numa clara orientação de parar o atacante rubro negro de qualquer forma.  Foi assim que Argel Fucs resolveu fazer algumas substituições saindo Zé Love , Cárdenas e depois o Marinho. Entraram Amaral,David
e Thiago Real. O goleiro Fernando Miguel fez duas grandes defesas.

EXISTE UM ABISMO ENTRE JORNALISTAS E POLÍTICOS E A SOCIEDADE

Estive durante quatro décadas do outro lado do balcão. Trabalhava num jornal que era líder na Bahia, e chegou em determinado momento a liderar  em todo o Norte e Nordeste brasileiro. Com o crescimento das redes sociais e as mudanças ocorridas na sociedade foi aos poucos perdendo espaço , enquanto a nova geração de donos do veículo se debatia em disputas pelo botim. Hoje, a situação é de fragilidade.
Este tradicional jornal
deixou de circular sua versão
impressa.
Digo isto para tratar de um tema que tem afligido os profissionais de vários segmentos que estão enxergando além do balcão. É que muitos jornalistas e políticos com sua arrogância e egoísmo terminaram por criar um abismo entre suas convicções religiosas e ideológicas e a sociedade. Como se diz no popular, eles com seus manuais, interesses pessoais  e convicções esqueceram de combinar com os russos. Desprezaram àqueles que os  sustentam : o leitor, o telespectador e o ouvinte, para os jornalistas. E os políticos, se distanciaram de seus eleitores . Só aparecem  às vésperas das eleições e algumas vezes já não são bem vindos.
Os jornalistas  passaram do alto de uma falsa sabedoria a ditar conteúdos que não interessam ao público. Estão surfando na onda de um esquerdismo barato . Até mudaram os verdadeiros nomes e significados das coisas  sob o manto do que eles entendem como ser "politicamente correto". Foi assim que favela  - aqui na Bahia chamava-se invasão - virou comunidade, traficante ou criminoso de outros quilates viraram  jovem e homem, se for do sexo feminino  mulher; invasão de fazendas, escolas e de prédios públicos ou privados agora é ocupação; os que colaboram com a Justiça são delatores; vândalos e grupos que fecham estradas e avenidas colocando fogo em pneus são manifestantes, e assim por diante. Quando a polícia é chamada para desobstruir as estradas ou avenidas, expulsar invasores, e é quase sempre recebida com pedradas e pauladas pelos manifestantes, sendo obrigada a reagir.Ai as manchetes dos jornais impressos e televisivos dizem que a polícia agiu com brutalidade, com extrema violência. 
São portanto, visões diferentes da realidade dessas corporações e o público. Agora mesmo com a morte de Fidel Castro, um líder conhecido em todo o mundo, os jornalistas em sua grande maioria o apresentou como um herói enaltecendo suas qualidades positivas. Esqueceram de dizer que Fidel Castro foi  um líder nacionalista que livrou Cuba da ditadura sanguinária de Fulgêncio Batista. Porém, depois se perpetuou no poder implantando uma das mais sangrentas ditaduras do século XX e como legado deixou seu país na miséria.Milhares de cubanos se exilaram em vários países, inclusive irmã e filha do ditador; assassinou centenas de homossexuais, encarcerou e matou milhares de opositores e implantou censura total à imprensa.

As abstenções vem crescendo a cada nova eleição
Os jornalistas,  políticos e também os artistas estão se distanciando cada vez mais de seus públicos. No caso recente , aqui no Brasil  durante e depois do impeachment de Dilma Rousseff atacaram àqueles que apoiavam a saída dela chamando-os de golpistas, nazistas e outros termos não muito nobres. Eles entendem,como  devotos  de uma seita,  que estão certos, mesmo  quando ,inexplicavelmente, apoiam um governo enxovalhado na corrupção. 
Portanto, não é novidade que os jornais e revistas estão perdendo leitores; as televisões seus telespectadores; os teatros seus frequentadores e os políticos seus eleitores. A abstenção aumenta a cada eleição.
 Hoje . uma novela entra e sai da programação, e milhões nem tomam conhecimento.Enquanto isto, as redes sociais estão bombando porque  nelas o público pode se expressar , se mobilizar, denunciar e contestar os absurdos da imprensa, da política e da administração pública e de outras corporações.

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

GEDDEL JÁ DEVERIA TER IDO EMBORA ANTES

Geddel não aguentou a pressão e agora terá uma bela vista
de Brasília.
Desde o primeiro momento que surgiu a denúncia de que o então Ministro da Casa Civil, Geddel Vieira Lima havia pressionado o seu colega do Ministério da Cultura, Marcelo Calera,para aprovar a construção de um espigão de  31 andares, num local tombado pelo Patrimônio Histórico Nacional - IPHAN , ele deveria ter pedido para sair, para evitar o constrangimento, e o desgaste que sofreu o governo Temer. O espigão chamado de La Vieu  - A Vista - está embargado pela justiça e fica localizado na Ladeira da Barra, em Salvador, Bahia, local de onde se descortina uma bela visão da Baía de Todos os Santos e de vários monumentos tombados.
A demora de sua saída, devido aqueles apoios de bancadas e outras ações visando a sua permanência no cargo, só vieram prorrogar o desgaste.  Hoje , está servindo de tábua de salvação para os petistas e seus seguidores que não tinham mais nada o que fazer. Como se diz na linguagem do mar, "estavam boiando  na maré". Agora, ressurgem como se nada tivesse acontecido com eles, embora é bom lembrar, que estão enxovalhados com a corrupção do mensalão , petrolão, além de outros filhotes como zelotes etc.
Este é o prédio que derrubou Geddel . Está embargado pela
Justiça até se adequar aos 13 andares permitidos.
O que ficou patente neste triste episódio é que as pessoas estão tão acostumadas com este tipo de comportamento que o próprio Geddel que ao ser  indagado se iria sair do governo, saiu com esta: "Vou deixar o cargo por isso? Pelo amor de Deus ", como se sua atitude em misturar o público com o privado fosse uma bobagem capaz de ser esquecida no dia seguinte.
Esta reação do ex-Ministro da Casa Civil deixa claro que muitos políticos, gestores e membros de outras corporações que compõem este sistema de governo acham natural misturar o público com o privado.
Não se emendaram muitos desses políticos e gestores depois das várias denúncias as quais resultaram em condenações e prisões. Outros continuam sendo investigados sobre triplex, sítio , jóias,lanchas e helicópteros . Também, não acordaram àqueles que recebem salários acima do teto. Precisam entender que já passou da hora de que seus salários sejam compatíveis com o limite máximo estabelecido que é de R 33.763,00. Eles mesmos , já deveriam ter mandado retirar os penduricalhos de seus contra-cheques para evitar constrangimento. Receber acima do teto é  ilícito.


quinta-feira, 24 de novembro de 2016

DEPUTADOS E SENADORES LEGISLAM PARA EVITAR CONDENAÇÃO

Mais um dia movimentado em Brasília, esta ilha da fantasia plantada no cerrado,  com os suspeitos e acusados  trabalhando até a madrugada para incluir no projeto de lei PL 4.850 ,conhecido como os das 10 medidas contra a corrupção, artigos e  incisos que anistiem o crime do caixa 2. Assim, estarão salvos de um possível processo os políticos que receberam propina , além de  terem cometido  outros delitos. Foi um acordão dos líderes de vários partidos , que  se esforçaram durante toda a noite, e vararam a madrugada para costurar as modificações contra a sociedade brasileira e o Brasil.
O Procurador Geral da República Rodrigo Janot alertou que "Na verdade, o discurso de anistia se refere aos outros crimes que estariam por trás do caixa 2: lavagem de dinheiro, corrupção ativa, corrupção passiva, peculato, evasão de dividas. E essa discussão viria nesse sentido. Porque se você cria um crime hoje de caixa 2 esse crime não pode retroagir, é só daqui para frente", disse Janot .
Ai está a reprodução de possível emenda que
circulou ontem na Comissão Especial da Câmara .

Enquanto isto, Renan Calheiros, o homem que já tem mais de 10 processos à espera que o Supremo Federal libere para que as investigações prossigam, leva a toque de caixa o seu projeto urdido nas entranhas negras do Senado para punir autoridades. É o PL 280, conhecido como projeto de abuso de autoridade.
Este projeto neste momento, tem este fim ,  que é negado por Renan, de criminalizar ou pelo menos amedrontar as ações dos investigadores, procuradores e juízes da Lava-Jato e de outras iniciativas de combate a corrupção.
Presidentes do Senado e da Câmara estão unidos
para salvar os suspeitos ? Será que é uma
 blindagem contra as colaborações à Justiça
do pessoal da Odebrecht?
É bom lembrar que o Renan na legislatura passada renunciou para não ser cassado. Ele foi acusado de utilizar  uma construtora para pagar despesas pessoais de sua amante e da filha que teve com ela. Candidatou-se novamente, e foi eleito pelos alagoanos.Em seguida, foi reconduzido à Presidência do Senado pelos atuais senadores.
Portanto, existe ai um conluio entre os muitos senadores que votaram nele, os quais agora o apoiam neste projeto, tentando também se livrarem de condenações futuras
 Foi aberto um processo contra ele neste caso da amante que está há 9 anos no STF. Agora, a ministra Carmem Lúcia marcou o julgamento para 1º de dezembro . O relator é o Ministro Fachin.
Renan é um mestre da velha política, astuto, capaz de forjar frases de efeito como esta :"O abuso de autoridade é uma chaga incompatível com o regime democrático", como se ele fosse um exemplo de parlamentar que respeita o Estado democrático. Está bem longe disto.
Quando o painel do Senado apresentava  nomes de vários senadores, embora na sala só estivesse uma minoria no último dia 22, Renan leu o requerimento da votação do tal PL 280 , e colocou em votação para que seja votado em regime de urgência aplicando aquela  velha fórmula:"Está em votação o PL 280.. Os que estão a favor permaneçam como estão". E, assim esta excrescência foi aprovada como de urgência. por unanimidade. Os "ausentes" não se comprometeram com suas imagens no salão do Senado.
É de se perguntar: Como a sociedade brasileira pode confiar e conviver com um Congresso que age desta forma?






sexta-feira, 18 de novembro de 2016

VITÓRIA FOI PREJUDICADO PELO ÁRBITRO NA VILA BELMIRO

O jogador Copete, do Santos, está impedindo no momento
do lançamento, e terminou fazendo o gol que
o juiz Wilton Pereira validou.
O Juiz Wilton Pereira Sampaio prejudicou e influenciou no resultado da partida entre o Vitória x Santos , ontem, dia 17 , na Vila Belmiro. O primeiro gol o colombiano Copete estava visivelmente adiantado, o que caracteriza impedimento, no entanto o assistente e o juiz não sinalizaram, e validaram o gol, apesar das reclamações insistentes dos atletas do rubro-negro.
O jogo prosseguiu com momentos de domínio das jogadas pelo Santos, que estava em casa, com a Vila cheia de torcedores incentivando o Peixe a todo instante. Mas, aos poucos o Vitória foi se impondo até que o zagueiro Yuri tocou a bola com a mão dentro da área e foi marcado o pênalti. Marinho bateu, com a sua categoria ,empatando o jogo.
Mas, o juiz confuso marcou em seguida um pênalti contra o Vitória numa jogada desastrada do Diego Matheus que chegou atrasado e deu uma espécie de carrinho dentro da área. É verdade que ele mirou e atingiu primeiramente a bola , porém, o atacante se jogou e a penalidade máxima foi marcada. Coisas do nosso futebol.
Ai o Santos partiu para pressionar numa jogada onde o lateral Victor Ramos falhou mais uma vez, ao tentar driblar dentro da área o atleta Copete perdeu a bola, e o colombiano meio encoberto ajeitou com a mão conseguindo jogar para dentro do gol. Já nos últimos minutos do segundo tempo o Serginho finalmente fez um gol, depois de Kieza perder várias oportunidades.Assim o placar terminou o Santos vencendo por 3 x2. Felizmente o Internacional empatou com a Ponte Preta por 1 x 1 e permanecemos fora da zona de rebaixamento.
O jogador Kieza passa para a torcida rubro-negra uma imagem de que está meio desligado ou não está satisfeito em jogar no Vitória. Sempre achei a contratação dele discutível, porque sou contra contratar jogador que já foi ídolo do nosso maior rival. Isto nunca deu bons resultados, e o exemplo está ai com Kieza

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

DOIS EX-GOVERNADORES PRESOS, ENQUANTO CORRUPTOS TRAMAM CONTRA A LAVA-JATO

Fotos Google                                                                                                               
Sérgio Cabral e seus amigos em Paris na esbórnia
com dinheiro público
Notícias chegam aos borbulhões quase todos os dias com políticos do alto escalão acusados de corrupção sendo presos pela Polícia Federal ou mesmo pela Polícia Civil. Agora foram presos os ex-governadores do Rio de Janeiro,  Anthony Garotinho e Sérgio Cabral, ambos do PMDB,numa clara demonstração que as investigações avançam e vão alcançar políticos de outros partidos ,além de empresários ligados a eles, como foi o caso Fernando Cadevish, que aparece nesta foto famosa ao lado de Sérgio Cabral  e outras pessoas se exibindo sorridentes com guardanapos nas cabeças imitando as tocas de chefs de cozinha num famoso restaurante em Paris. Esta esbórnia é a comemoração do propinoduto.
Garotinho preso na sede da Polícia Federal
Também, um grupo de manifestantes ocupou ontem a Câmara Federal  por algumas horas, sendo depois retirado e conduzido a uma delegacia. Foi um ato perigoso, que não conta com o apoio dos democratas, mas, que merece ser visto como uma manifestação extrema de pessoas que não mais aguentam tanta bandalheira em nosso país.
Enquanto isto, no Parlamento um plano contra o Brasil continua sendo urdido com apoio de lideranças de Renan Calheiros , Romero Jucá , ex-ministros e Lula e Dilma ,além de outros envolvidos diretamente em acusações de corrupção. Seus  processos dormitam nas prateleiras do Supremo Tribunal Federal - STF , aguardando decisão dos ministros.
Hoje, dia 17, esvaziaram propositadamente a sessão da Comissão que iria discutir o relatório elaborado pelo deputado Onix Lorenzoni, porque ele incluiu o Caixa  dois como crime. Sem qualquer cerimônia alguns membros da comissão se ausentaram para não dar quorum. Uma vergonha.Que Parlamento é este que sustentamos com o nosso suado dinheiro em plena crise .

Manifestantes ocupam por algumas horas
a Câmara Federal
No STF , também na tarde de ontem, a sisudez do ambiente foi quebrada com uma discussão acalorada entre os eternos litigantes Ricardo Lewandowsk e Gilmar Mendes. O primeiro provocou questionando que  Gilmar acabara de votar e depois pediu vistas ao processo. Gilmar respondeu que o pior foi a atitude dele no Senado permitindo o fatiamento de um artigo da Constituição para beneficiar a Dilma no processo do impeachment. A discussão prosseguiu até que a presidente  Carmen Lúcia deu andamento aos trabalhos.
No Parlamento os políticos não param de tramar e inventar formas de enfrentamento contra os procuradores e investigadores integrantes da chamada Operação Lava-Jato. São beneficiários diretos da excrescência do chamado foro privilegiado, que só permite que as investigações avancem depois que um ministro do STF decida monocraticamente o prosseguimento .
Deputados investigados e seus aliados esvaziam
a sala onde seria discutido o relatório
das medidas contra a corrupção.
Não é a toa que o Rio de Janeiro e outros estados brasileiros estão nesta situação de penúria depois de sediar as Olimpíadas, a Copa do Mundo e serem saqueados por seus dirigentes. Roubaram de todas as formas . Qualquer obra servia para tirar dinheiro de propina destinado aos políticos de plantão, não apenas do Rio de Janeiro como também em outros estados da Federação.
A previsão é que a Lava-Jato ainda demore mais dois anos, tal o volume de trabalho a ser desenvolvido, quer seja nas investigações, colhimento de provas  e elaboração das denúncias que vão resultar em sentenças de prisões por todo o país.São  ex-presidentes,ex-ministros, governadores e deputados federais e estaduais, prefeitos, vereadores, e muitos empresários e funcionários públicos coniventes com a corrupção.
É tanto roubo que uma das maiores empresas do país a Odebrecht tinha um departamento chamado de Operações Estruturadas para administrar a propina , onde ali estavam relacionados mais de uma centena de nomes de políticos, operadores e funcionários corruptos. Esta relação ainda não foi divulgada em sua totalidade  e quando isto acontecer oficialmente será o dia em que as notícias envolvendo corruptos deve alcançar o seu ápice. Será um tsunami de corruptos batendo cabeça.

sábado, 29 de outubro de 2016

ABUSO DE AUTORIDADE,FORO PRIVILEGIADO E CAIXA 2

Renan e Jucá tramando contra a Lava-Jato.
A sociedade brasileira está enfrentando grandes dificuldades, com 12 milhões de desempregados, inflação alta, serviços públicos deteriorados,fruto do desgoverno de 13 anos dominado por uma esquerda enxovalhada pela corrupção.
Quase diariamente a Polícia Federal faz operações para prender ladrões e corruptos em todos os cantos do país. São prefeitos, vereadores, deputados, senadores , policiais  , empresários, doleiros, funcionários públicos e de estatais, marqueteiros,  etc. Enfim, são muitos corruptos que se apoderam dos cargos para roubar e assaltar os cofres públicos. São esquemas com estruturas nunca vistas em nosso país, com grandes empresas envolvidas e algumas criadas no exterior na tentativa de esconder o roubo.
Felizmente, uma força tarefa foi criada para combater os ladrões. Agora, corre o risco de ter suas ações paralisadas ou diminuídas, se vingar um tal projeto liderado por Renan Calheiros e que tem o Romero Jucá como  relator. Sob o falso mote que é para combater  o   abuso de autoridade, eles tramam contra a Lava-Jato. Se  fosse autoaplicável, o próprio Renan já seria o primeiro a ser enquadrado, antes mesmo do projeto sair do forno.
Federais recolhem maletas no Senado da polícia legislativa.
É a excrescência do foro privilegiado estendido para além
dos muros do Senado.
Este projeto engendrado nos corredores obscuros do Senado Federal é um atentado contra a República. É uma demonstração clara que o Parlamento brasileiro precisa de uma faxina para se livrar dos representantes da velha política, que só pensam neles, e em tirar vantagem do cargo.
 Basta ver como defendem com unhas e dentes o tal foro privilegiado que criou cidadãos de primeira e segunda classe. Os políticos têm foro privilegiado, e assim, roubam e cometem todo tipo de delito, e só podem ser investigados com ordem dos tribunais superiores.
Ai perguntamos: Quem escolhe e nomeia os membros dos tribunais superiores? Eles são escolhidos pelos mesmos políticos que gozam do tal  foro privilegiado, portanto, colocam lá pessoas confiáveis. Basta ver algumas decisões recentes de nossos tribunais.
Eleições  em São Paulo.PT derrotado  no primeiro turno.
Outro projeto que está sendo urdido nos corredores obscuros do Congresso Nacional é o que quer anistiar todos os políticos que praticaram Caixa 2, que é tipificado na Lei Eleitoral como crime. Sob o argumento de que este projeto visa criminalizar o Caixa 2, mas, que deve ser aplicável a partir do momento em que o projeto virar lei . Assim, dezenas de políticos corruptos que praticaram o Caixa 2, ficariam livres de serem processados. Esta é a verdadeira razão que move os congressistas a levar adiante este projeto.
A sociedade brasileira precisa voltar às ruas e protestar com força contra estes políticos.Eles já receberam um recado nas últimas eleições municipais quando o PT foi o partido que mais perdeu. Também, milhares de eleitores  anularam ou não votaram em ninguém numa clara demonstração de descontentamento com a política brasileira. Isto é perigoso para a nossa jovem democracia.

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

ROUBARAM O VITÓRIA NO MARACANÃ

Já é difícil para os times do Norte e Nordeste disputarem o Campeonato Brasileiro por terem menores estruturas e pouco dinheiro para contratar jogadores de alto nível. O jogo do Vitória contra o Fluminense hoje no Maracanã comprova também outra dificuldade de enfrentar os times do sul porque  na maioria das vezes somos prejudicados pela arbitragem . Hoje, escandalosamente o bandeirinha pernambucano informou ao confuso juiz Nielson Nogueira que o jogador do Vitória, Vitor Ramos, teria segurado o atacante do Fluminense dentro da área, aos 37 m do primeiro tempo ,quando a falta aconteceu a quase dois metros fora da linha da grande área. Foi uma vergonha que a televisão mostrou claramente  e exaustivamente. O mais grave é que o juiz estava bem perto do lance.
O Vitória abriu o placar com gol que Marcelo fez, após uma falta cobrada por Marinho , antes do penalti . Após a cobrança máxima pelo Flu o Vitória  esmoreceu e tomou o segundo gol já no finalzinho do primeiro tempo. Os rubro negros saíram de campo cabisbaixos , não deram entrevistas, e voltaram mais atentos ao jogo no segundo tempo. Marinho, como sempre carregou o time nas costas e foi ele quem fez o gol do empate.
O Vitória jogou mal, errando muitos passes e quase não pegou uma bola de rebote. O time agradeça a raça e a determinação de Marinho, que mais uma vez foi caçado em campo sofrendo inúmeras faltas e o juiz Nielson Nogueira não deu um cartão amarelo pela violência contra o jogador, que é o que mais sofre falta em todo o Campeonato Brasileiro. Felizmente, veio o empate no finalzinho do segundo tempo terminando em Vitória 2 x 2 Fluminense.

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

A REPÚBLICA BRASILEIRA NÃO PODE CONVIVER COM FEUDOS

Renan reuniu os jornalistas para atacar o Ministro da Justiça,
 juiz e a Polícia Federal
Estamos vivendo num país curioso,  onde os poderes constituídos - Judiciário,Legislativo e Executivo - são tomados por seus dirigentes como se fossem feudos intocáveis . Era Ricardo Lewandowski, no STF; Eduardo Cunha, na Câmara Federal; e ainda Renan Calheiros, no Senado, sem falar na "presidenta",Dilma Roussef, que foi retirada do cargo por um impeachment. Três já saíram, falta o Renan Calheiros !
Cada um à sua maneira ditavam normas e  falação contra o Ministério Público, e Polícia Federal, além dos juízes, que no entendimento deles ousam levar adiante qualquer ação que os atinja. Se consideravam poderosos , intocáveis e chegavam e chegam a ponto de fazer ameaças, como fez o Eduardo Cunha, agora, encarcerado numa cela da Polícia Federal , em Curitiba.Na tarde de hoje foi a vez do Renan Calheiros reunir a imprensa para falar e responder o que lhe interessava, e aproveitou para atacar o juiz de primeira instância que determinou a ida da Polícia Federal para apreender os equipamentos de varredura usados pela Polícia Legislativa.Chamou o juiz de juizeco e o Ministro da Justiça de chefete de polícia, num completo desrespeito , assumindo uma postura incompatível com o cargo de presidente do Congresso Nacional.
Ele defendeu o trabalho da Polícia Legislativa do Senado e disse que tinha autorizado as varreduras. Revelou que foram realizadas um total de 17 varreduras em casas de senadores de 2013 a 2015. Portanto, como podemos ver  ele estabeleceu quase uma polícia paralela fora dos muros do Senado .
É bom lembrar que foi feita  a varredura  na casa de Gleisi Hoffmann, em Curitiba, e na de José Sarney, que não é mais senador, em São Luís, no Maranhão . e também na casa do filho do senador Edson Lobão, que é seu suplente no Senado.Estas varreduras foram feitas logo após a Polícia Federal ter realizado  operação de busca e apreensão nestes locais, e todos estão sendo investigados pela Lava-Jato.
 Indagado várias vezes sobre a varredura na casa do Sarney, ele desconversou e não respondeu aos jornalistas. Exatamente ai, onde  está a maior gravidade do ato praticado pelos policiais legislativos, já que o  Sarney não é mais senador .
A propósito a Revista Veja, ( Foto ao lado ) desta semana traz uma extensa reportagem onde Renan Calheiros é citado várias vezes por um colaborador da Justiça de ter recebido propina por determinação do ex-senador e ex-diretor da Petrobras, Sérgio Machado. Todos sabem, que o Renan responde há quase uma dezena de processos que estão sendo analisados pelo Supremo Tribunal Federal, e que a maioria encontra-se há alguns meses com o Ministro Teori Zavascki.



A REPÚBLICA BRASILEIRA NÃO PODE CONVIVER COM FEUDOS

Renan reuniu os jornalistas para atacar o Ministro da Justiça,
 juiz e a Polícia Federal
Estamos vivendo num país curioso,  onde os poderes constituídos - Judiciário,Legislativo e Executivo - são tomados por seus dirigentes como se fossem feudos intocáveis . Era Ricardo Lewandowski, no STF; Eduardo Cunha, na Câmara Federal; e ainda Renan Calheiros, no Senado, sem falar na "presidenta",Dilma Roussef, que foi retirada do cargo por um impeachment. Três já saíram, falta o Renan Calheiros !
Cada um à sua maneira ditavam normas e  falação contra o Ministério Público, e Polícia Federal, além dos juízes, que no entendimento deles ousam levar adiante qualquer ação que os atinja. Se consideravam poderosos , intocáveis e chegavam e chegam a ponto de fazer ameaças, como fez o Eduardo Cunha, agora, encarcerado numa cela da Polícia Federal , em Curitiba.
Na tarde de hoje foi a vez do Renan Calheiros reunir a imprensa para falar e responder o que lhe interessava, e aproveitou para atacar o juiz de primeira entrância que determinou a ida da Polícia Federal para apreender os equipamentos de varredura usados pela Polícia Legislativa.Chamou o juiz de juizeco e o Ministro da Justiça de chefete de polícia, num completo desrespeito , assumindo uma postura incompatível com o cargo de presidente do Congresso Nacional.
Ele defendeu o trabalho da Polícia Legislativa do Senado e disse que tinha autorizado as varreduras. Revelou que foram realizadas um total de 17 varreduras em casas de senadores de 2013 a 2015. Portanto, como podemos ver  ele estabeleceu quase uma polícia paralela fora dos muros do Senado .
É bom lembrar que foi feita  a varredura  na casa de Gleisi Hoffmann, em Curitiba, e na de José Sarney, que não é mais senador, em São Luís, no Maranhão . e também na casa do filho do senador Edson Lobão, que é seu suplente no Senado.Estas varreduras foram feitas logo após a Polícia Federal ter realizado  operação de busca e apreensão nestes locais, e todos estão sendo investigados pela Lava-Jato.
 Indagado várias vezes sobre a varredura na casa do Sarney, ele desconversou e não respondeu aos jornalistas. Exatamente ai, onde  está a maior gravidade do ato praticado pelos policiais legislativos, já que o  Sarney não é mais senador .
A propósito a Revista Veja, ( Foto ao lado ) desta semana traz uma extensa reportagem onde Renan Calheiros é citado várias vezes por um colaborador da Justiça de ter recebido propina por determinação do ex-senador e ex-diretor da Petrobras, Sérgio Machado. Todos sabem, que o Renan responde há quase uma dezena de processos que estão sendo analisados pelo Supremo Tribunal Federal, e que a maioria encontra-se há alguns meses com o Ministro Teori Zavascki.



domingo, 23 de outubro de 2016

VITÓRIA MOSTRA FRAQUEZA E PERDE FEIO

Vitória mais perto de ir para a Segunda Divisão.
 Jogou péssimo.
O Vitória mais uma vez entrou em campo com uma escalação que não agradou e frustou mais de 27 mil torcedores pagantes.O Cruzeiro desde o início da partida mostrava superioridade, e a defesa do Vitória insistia em dar escanteios. Foram quatro no primeiro tempo, inclusive um  que terminou no gol com a bola passando por entre os braços do goleiro Fernando Miguel.Antes do gol, ele já tinha dado uma daquelas atrapalhadas que vem se repetindo, desde aquela que aconteceu no jogo contra o Botafogo, quando o Vitória perdeu de 1 x 0.O Vitória no primeiro tempo parecia um bando desordenado, correndo simplesmente atrás da bola, sem nenhum  esquema tático.
O juiz Tiago Cardoso não marcou uma boa partida, tratava os jogadores como crianças, e a qualquer aproximação gesticulava e ameaçava com cartão. Teve uma falta violenta contra o Serginho que ele não marcou, e na confusão entre os jogadores foi ajudado pelo quarto árbitro,  resultando no cartão amarelo para o jogador do Vitória. Quanto ao pênalti tenho dúvidas de que ocorreu.
No segundo tempo, o Cardenas perdeu o pênalti. É o terceiro pênalti que o Vitória perde , em dois jogos ,e assim se aproxima da segunda divisão. Estamos diante de um time com elenco caro e fraco. Mesmo jogando com um jogador a menos, devido a uma expulsão, o Cruzeiro manteve o placar até o fim. Algo tem que ser feito de imediato como última tentativa de salvar o Vitória da degola. O pior é que o Cruzeiro veio com um time reserva , porque está poupando jogador para a Copa Brasil.

domingo, 16 de outubro de 2016

CONTRA O PAÍS E OS BRASILEIROS


Servidores do Paraná protestando sob liderança
 da Cut e outras entidades ligadas ao petismo.
                                                                               
                                                                     Foto Google
Tenho lido e assistido muitas manifestações dos perdedores criticando qualquer ação ou atitude que parta do governo federal. São principalmente militantes, parlamentares , jornalistas petistas , "intelectuais" e seus puxadinhos que através das redes sociais e de suas publicações - antes chapa-brancas, e agora, órfãos da chupeta - reclamando, sem nem terem conhecimento direito do que estão tratando. Outras vezes ,distorcem propositadamente os assuntos construindo aquelas já manjadas narrativas mentirosas repetidas à exaustão.
 É o caso quando eles tratam da PEC 241 , que limita a gastança nos estados e no âmbito do governo federal. Dizem logo que a Educação e Saúde terão seus orçamentos diminuídos, que tudo está engessado. Mentira. Precisam ler com atenção a PEC, que é uma necessidade urgente para o país acertar o seu passo e ganhar credibilidade internacional, o que perdemos nestes 13 anos de desgoverno petista. Esta PEC poderá ser modificada a qualquer tempo através de outra emenda constitucional, caso o Brasil saia logo do buraco .
Já os devotos, seus fiéis seguidores dos escalões mais baixos , passam a repetir estas narrativas sem nem a menos saberem a origem. Parecem papagaios depenados na chuva gritando como loucos no deserto ou para eles mesmos, envergando suas fardas e bandeiras surradas fascistas vermelhas.
Saem às ruas, prejudicando o trânsito e a circulação das pessoas que trabalham, e quando são abordados e perguntados sobre o que estão protestando a grande maioria não sabe responder. Já assisti várias entrevistas e falas colhidas nessas "manifestações" ridículas, e os coitados não dizem a com b. É uma verdadeira lástima o que respondem .                                                             Foto Google 
As manifestações em São Paulo quase sempre
terminam em  vandalismo e pancadaria.
As redes sociais estão cheias desses depoimentos, o que demonstra que estão ali porque foram levados atraídos pela mortadela, que era distribuída, e que agora está escassa, ou por impulsos e convites de quem nem sabe responder.
O pior é que estas tais "manifestações" quase sempre acabam em depredações, incêndios, vandalismo e a polícia é obrigada a  agir para manter a ordem. Quando a polícia entra em ação passam a se vitimar com narrativas de que os policiais usaram força excessiva, que os policiais bateram etc. Enquanto isto, jogam pedras, coquetéis molotov , queimam lixo e erguem barricadas e até invadem prédios públicos. Querem instalar a desordem , o caos como forma de lutas para chegar ao poder. Isto não pode ser permitido numa sociedade democrática.

CONTRA O PAÍS E OS BRASILEIROS


Servidores do Paraná protestando sob liderança
 da Cut e outras entidades ligadas ao petismo.
                                                                               
                                                                     Foto Google
Tenho lido e assistido muitas manifestações dos perdedores criticando qualquer ação ou atitude que parta do governo federal. São principalmente militantes, parlamentares , jornalistas petistas , "intelectuais" e seus puxadinhos que através das redes sociais e de suas publicações - antes chapa-brancas, e agora, órfãos da chupeta - reclamando, sem nem terem conhecimento direito do que estão tratando. Outras vezes ,distorcem propositadamente os assuntos construindo aquelas já manjadas narrativas mentirosas repetidas à exaustão.
 É o caso quando eles tratam da PEC 241 , que limita a gastança nos estados e no âmbito do governo federal. Dizem logo que a Educação e Saúde terão seus orçamentos diminuídos, que tudo está engessado. Mentira. Precisam ler com atenção a PEC, que é uma necessidade urgente para o país acertar o seu passo e ganhar credibilidade internacional, o que perdemos nestes 13 anos de desgoverno petista. Esta PEC poderá ser modificada a qualquer tempo através de outra emenda constitucional, caso o Brasil saia logo do buraco .
Já os devotos, seus fiéis seguidores dos escalões mais baixos , passam a repetir estas narrativas sem nem a menos saberem a origem. Parecem papagaios depenados na chuva gritando como loucos no deserto ou para eles mesmos, envergando suas fardas e bandeiras surradas fascistas vermelhas.
Saem às ruas, prejudicando o trânsito e a circulação das pessoas que trabalham, e quando são abordados e perguntados sobre o que estão protestando a grande maioria não sabe responder. Já assisti várias entrevistas e falas colhidas nessas "manifestações" ridículas, e os coitados não dizem a com b. É uma verdadeira lástima o que respondem .                                                             Foto Google 
As manifestações em São Paulo quase sempre
terminam em  vandalismo e pancadaria.
As redes sociais estão cheias desses depoimentos, o que demonstra que estão ali porque foram levados atraídos pela mortadela, que era distribuída, e que agora está escassa, ou por impulsos e convites de quem nem sabe responder.
O pior é que estas tais "manifestações" quase sempre acabam em depredações, incêndios, vandalismo e a polícia é obrigada a  agir para manter a ordem. Quando a polícia entra em ação passam a se vitimar com narrativas de que os policiais usaram força excessiva, que os policiais bateram etc. Enquanto isto, jogam pedras, coquetéis molotov , queimam lixo e erguem barricadas e até invadem prédios públicos. Querem instalar a desordem , o caos como forma de lutas para chegar ao poder. Isto não pode ser permitido numa sociedade democrática.